30 de septiembre de 2013

Evento: X Semana de la Arquitectura de Madrid 2013 (MAD)


La décima edición de la Semana de la Arquitectura pretende difundir la arquitectura de Madrid de la forma más completa.

“MÁS ARQUITECTURA, MÁS MADRID” resume las intenciones de este año, queremos mostrar las posibilidades de la arquitectura en nuestra comunidad y que la iniciativa actué como altavoz, más arquitecturas en más municipios, más maneras de hacer arquitectura, mas urbanismo, mas territorio, mas cultura….más

Este año los edificios que componen la muestra proponen una mirada a los clásicos y a las obras referencia de este curso, pasando por las obras creadas por los grandes maestros nacidos en 1913.

Folletos de la Semana de la Arquitectura de Madrid
Los itinerarios, 30 esta vez, pasean por el espacio público del Madrid más histórico y el más contemporáneo, desde la T4 a Madrid Rio y de allí a Sol o las 4 torres, repasando los espacios que más interesan a nuestros ciudadanos.

La Semana se desarrolla en toda la comunidad de Madrid con múltiples eventos organizados por las instituciones y empresas colaboradoras de la iniciativa, que representan una buena muestra de la actividad cultural de la ciudad, instituciones como el Instituto Cervantes, Matadero, El Prado, la Biblioteca Nacional, las universidades..y muchos más.

27 de septiembre de 2013

Publicação: SP2014.NET - Nova Guia de Arquitetura (SPO)


"UMA GUIA DE ARQUITETURA COMPACTA PARA A METROPOLITANA SÃO PAULO"

SP2014.NET é uma guia para a cidade de São Paulo escrita por Philippe Jorisch, um jovem arquiteto de Zurique, Suiça – após diversas visitas à metrópole. É um folheto de 24 páginas disponíveis para download gratuito como PDF sob o domínio SP2014.NET.

SP2014.NET contém uma seleção pessoal de informações sobre locais de interesse arquitetônico, condições urbanas e peculiaridades culturais da cidade de São Paulo. SP2014.NET aborda uma cidade com um legado econômico, cultural e histórico substancial – o centro de uma nação cada vez mais importante globalmente.

Os textos em SP2014.NET foram construídos em torno das imagens de Maíra Acayaba, fotógrafa que nasceu e vive em São Paulo. Considerando a dificuldade de se ter uma imagem geral de São Paulo a idéia foi realizar instantâneos livres da cidade e arredores, em grande parte, com uma câmera de celular. As imagens tendem a refletir uma visão pessoal sobre a cidade.

SP2014.NET é uma lista aberta e incompleta, uma agregação de imagens e histórias. O extenso glossário e outras referências de leitura no SP2014.NET auxiliam no processo de tomada de conhecimento sobre São Paulo – por fim, acreditamos que o conhecimento, experiência e o uso da cidade contribui para a sua qualidade.

SP2014.NET esta exposta no Centro Cultural São Paulo (CCSP) como parte da X Bienal de Arquitetura de São Paulo "Modos de Fazer, Modos de Usar" de 12 de Outubro a Dezembro 2013.

Credits:
Escrito por: Philippe Jorisch, Arquiteto, Zurique.
Fotos: Maíra Acayaba, Fotógrafa, São Paulo.
Published: Havelka Verlag, Nils Havelka, arquiteto e teórico, Zurique.
Com o apoio da Erich-Degen-Stiftung, ETH Zurich.

Pedidos de Imprensa:
Para mais imagens e textos por favor entre em contato com Philippe Jorisch.

Fonte: SP2014.NET

Exposición: Miguel Fisac y Alejandro de la Sota: miradas en paralelo (MAD)


MUSEO ICO
A partir del 18 de octubre

Con motivo del centenario del nacimiento de Miguel Fisac y Alejandro de la Sota, el Museo ICO está organizando una exposición conjunta de dos de los arquitectos españoles más importantes de la segunda mitad del siglo XX.

Fueron dos grandes maestros, reinventaron la arquitectura moderna española y sus importantes edificios han servido de referencia a varias generaciones de arquitectos del país. Empezaron su trabajo reivindicando el lenguaje del Movimiento Moderno frente a la arquitectura historicista del régimen, y acabaron sus vidas con exploraciones muy personales.

Gimnasio Maravillas, Madrid (1960-1962) ©Fundación Alejandro de la Sota
Nacidos ambos en 1913, Miguel Fisac y Alejandro de la Sota fueron coetáneos y empezaron sus estudios de arquitectura a mediados de la década de 1930. Manchego uno y gallego el otro, los dos establecieron su despacho en Madrid en la década de 1940, en un momento en el que el Régimen de Franco desechó el Movimiento Moderno que había prendido en Europa para imponer un clasicismo de corte imperial y una vuelta al localismo y el regionalismo en la arquitectura española del que cada uno escapó a su manera.

Edificio IBM, Madrid (1966-1969) ©Fundación Miguel Fisac
A través de más de 500 documentos (dibujos, maquetas, fotografías, muebles y objetos), la exposición hace un extenso recorrido por la vida y la obra de ambos maestros de la arquitectura moderna española.

Como complemento de la exposición se publicará un completo catálogo en colaboración con La Fábrica Editorial.

Fuente: MuseoICO

17 de septiembre de 2013

CONCURSO: Cobertura do Mercado Público de Florianópolis (BRA)


O Instituto de Arquitetos do Brasil, Departamento de Santa Catarina (IAB/SC) lançou no dia 06 de setembro, no gabinete do Prefeito de Florianópolis, o edital do concurso nacional para o vão central do Mercado Público de Florianópolis. O período de inscrições vai até 03 de outubro. “A principal premissa é que o projeto interfira o mínimo possível no patrimônio tombado, com preferência por uma cobertura translúcida e retrátil. Temos vários elementos que permitem que o arquiteto possa soltar a sua criatividade”, destacou Rosana Montagner Cervo, coordenadora geral do concurso pelo IAB/SC.

O concurso nacional tem formato de estudo preliminar e acontece em etapa única, com o objetivo de eleger a melhor proposta para a cobertura do vão central do Mercado Público de Florianópolis. 

Arquitetos de todo o Brasil podem se inscrever. 

O papel do IAB/SC, segundo a arquiteta Rosana, é elaborar e organizar, em parceria com o IPUF, todo material que compõe o edital e as bases do concurso. “O objetivo é obter a melhor proposta para a cobertura do vão central do Mercado Público de Florianópolis, com o mínimo de interferência na edificação atual. Este é um concurso pioneiro em Santa Catarina, por se tratar de uma intervenção em um objeto tombado. Representa uma oportunidade única para Florianópolis debater o tema e o trato das edificações históricas, em como o novo e o antigo podem conviver harmonicamente, sem um sobrepujar o outro”, complementou Rosana. 

CALENDARIO

O6 de SET. de 2013: Lançamento oficial do Concurso
06 de SET. de 2013 a 03 de OUT. de 2013: divulgação e inscrições
27 de SET. de 2013: Visita Técnica
18 de SET. de 2013 a 18 de OUT.de 2013: Consultas
25 de SET. de 2013 a 25 de OUT.de 2013: Respostas às consultas
31 de OUT. de 2013: Prazo limite para envio dos trabalhos
08 de NOV. de 2013: Data limite para recebimento dos trabalhos (18:00h)
18 de NOV. de 2013 a 19 de NOV. de 2013: Julgamento
26 de NOV. de 2013: Divulgação oficial do resultado do concurso.

Informações sobre o concurso no site http://iab-sc.org.br/concursovaomercado/

Fonte: IAB Santa Catarina

5º edição do Arq.Futuro: Políticas Públicas para Desenvolvimento das Cidades (BRA)


Vía O Globo.com
RIO— De mobilidade urbana, ou da falta dela, a ativismo das comunidades. Em sua quinta edição, o Arq.Futuro, fórum que nasceu em 2011 com o objetivo de discutir arquitetura e urbanismo, vai trazer à tona uma série de assuntos relacionados ao desenvolvimento das cidades. Os debates vão acontecer no Rio, nos dias 23 e 24 e, depois, seguirão para São Paulo, onde as discussões continuam entre os dias 25 e 27 deste mês.

— O Arq.Futuro propõe uma nova conversa, entre especialistas e o poder público, sobre as transformações urbanas que há muito tempo se fazem necessárias, propondo soluções e envolvendo a população na discussão sobre o futuro das cidades — explica Marisa Moreira Salles, cofundadora do projeto com Tomas Alvim.

Este ano, o tema geral do evento pega carona nas manifestações de junho — “Ouvindo as ruas: novos modelos para a transformação urbana” — e traz exemplos de mudanças que começaram por iniciativas da população. No painel sobre ativismo das comunidades, por exemplo, falam os fundadores do parque High Line, em Nova York, Joshua David e Robert Hammond, que se levantaram contra a possibilidade de derrubada de um velho elevado abandonado e acabaram criando um novo, e belo, ponto turístico para a cidade. Os dois aproveitam o evento para lançar um livro sobre os bastidores da criação do parque: “High Line — a história do parque suspenso de Nova York”.